ÁREA DO ASSOCIADO

05/11/2021

Cinco dicas fundamentais para sua Black Friday



A tradição americana da Black Friday veio para ficar no Brasil e já se configura como uma das datas mais importantes para o varejo nacional, rivalizando com o Natal e Dia das Mães. A data passou a ser usada pelo comércio brasileiro em 2010 e desde então virou uma verdadeira febre, com aumento gradual de faturamento a cada ano. Porém, o abuso e fraudes promovidas por várias empresas gerou o apelido depreciativo para a data: “Black Fraude”.

Por isso, se você pretende utilizar a data para incrementar vendas, fique atento a alguns cuidados para evitar com que o “feitiço se volte contra o feiticeiro”, ou seja, que seus clientes se aborreçam com uma experiência negativa com sua marca.

Vão ai cinco dicas que preparamos para você melhorar os resultados de sua Black Friday:

1. Faça promoções de verdade: cuidado para não fazer promoções apenas de aparência, chamando seu público com anúncios e vitrinismo, decoração do espaço e divulgações de Black Friday, mas sem descontos reais nos produtos. Todos sabem que descontos de 10% a 15% são comuns o ano todo. O consumidor não é idiota. Por isso, escolha produtos com margem maior e efetivamente aplique descontos maiores. Se seu setor tem margem baixa, use a criatividade para criar combos, flexibilização nas formas de pagamento etc.

2. Prepare seus canais de venda on line: a esta altura, sua marca já deve ter um canal de vendas on line, seja pelas redes sociais ou WhatsApp. Prepare seus canais de atendimento deixando informações prontas dos produtos com descontos e outras respostas no bloco de notas. Assim você agiliza o atendimento e não comete o maior pecado na venda on line: demora no atendimento.

3. Marketing: crie posts para as redes sociais com informações objetivas e claras e disponibilize informações sobre os produtos em promoção de forma específica. Não vale “toda a loja com desconto”, ou “Descontos inacreditáveis!”. O consumidor não tem tempo para ficar perguntando ou procurando. Enquanto isso, o seu concorrente já lhe disse o que está em promoção e qual é o desconto que ele terá. Patrocine seus posts através do business.facebook.com. A plataforma é mais específica e profissional para anúncios tanto no Facebook quanto no Instagram. Procure ajuda especializada se você ainda não tem experiência neste tipo de publicidade on line.

4. Delivery (de preferência grátis!): a venda on line não tem mais volta e se você ainda não tem um sistema de entrega rápida e eficiente preocupe-se com isso. Quem compra pela internet quer agilidade na entrega e, segundo pesquisa da pesquisa do Boston Consulting Gropu (BCG), 74% dos consumidores afirmam que o “frete grátis” é fator de influência na hora de decidir, ou não, comprar online. Então pense nisso na hora de elaborar suas oferta de Black Friday. Este pode ser um fator que levará o consumidor a escolher a sua marca e não a do concorrente.

4. Pós-vendas: a Black Friday não acaba na sexta-feira. Lembre-se que o seu cliente poderá ter dúvidas, reclamações ou mesmo trocas ao longo da primeira semana de dezembro. Nesta hora, o foco deve estar na experiência do cliente com sua marca e não no que você vai ganhar ou perder com a troca ou devolução do produto. Oriente seus colaboradores neste sentido. Não é novidade que um cliente insatisfeito que é surpreendido de forma positiva e tem seu problema resolvido, fala mais e melhor de sua marca aos outros do que o cliente satisfeito.

Aproveite e melhore suas vendas com a Black Friday. Mas lembre-se: hoje, em tempos de consumidor super-informado e consciente, a Black Friday precisa ser um jogo de ganha-ganha. Ninguém mais aceita descontos falsos e as promoções oportunistas e fakes. 

(Fonte: ClipCom)

tags: black-friday, promoção, marketing



voltar

× FECHAR JANELA

LEIA A POLÍTICA DE PRIVACIDADE E PROTEÇÃO DE DADOS DA ACIL

Introdução

Bem-vindo ao site da ACIL – Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Leme!

A Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Leme, associação civil sem fins lucrativos, de duração indeterminada, com sede e foro na Avenida Carlo Bonfanti, nº.  106, Centro, na cidade de Leme, Estado de São Paulo, CEP 13.610-238, fundada em 11 de outubro de 1972, por meio do documento que segue apresenta sua Política de Privacidade com o objetivo de informar seus associados, bem como todos os cidadãos, usuários, as estratégias por meio das quais esta associação coleta, armazena e trata os dados pessoais coletados por meio do nosso site institucional. Esta Política de Privacidade e Proteção de Dados aplica-se, a todo e qualquer Usuário (associado ou não) do site e canais de comunicação da ACIL, físicos ou digitais, bem como à coleta e utilização de dados de uso ou dados pessoais informados pelos usuários ou captados pela ACIL através de e-mail, sites de terceiros, cadastros em sites, recursos interativos, aplicativos, linhas de atendimento por telefone, redes sociais como Instagram, Facebook e Linkedin.

A ACIL assegura, por meio da presente Política, que atende a toda a legislação em vigor no que diz respeito à gestão de dados pessoais, bem como dados de uso de seus canais de interação com os usuários, bem como as boas práticas relativas à segurança da informação e confidencialidade de dados. Salienta, ainda, que respeita as preferências do usuário e cumpre rigorosamente as finalidades para as quais os dados pessoais coletados.

A Política de Privacidade da ACIL apresenta em seus itens a seguir o detalhamento dos processos de gestão de dados por ela utilizados, atendendo fielmente aos princípios da transparência, finalidade e legítimo interesse. E ressalta o compromisso de atender a todos os pedidos, independentemente de justificativa, dos usuários para a consulta, alteração ou exclusão de dados, ressalvada a legislação pertinente às questões específicas, como por exemplo, a Lei do Cadastro Positivo, Lei 12.414/2011. ATENÇÃO: Ao utilizar o site, fazer download de conteúdo, usar canais e serviços ofertados pela ACIL você reconhece que leu, compreendeu e concorda com os termos desta Política de Privacidade.

O usuário garante e responde pela veracidade, exatidão, vigência e autenticidade de todos os dados fornecidos em nossos canais de comunicação, inclusive os de caráter pessoal e sensíveis nos termos da lei, e se compromete a mantê-los devidamente atualizados. A ACIL não possui qualquer responsabilidade pela informação ou inserção de dados falsos, inverídicos ou fornecidos com inexatidão por clientes, visitantes, terceiros ou usuários dos seus sites/portais ou canais de comunicação, seja os físicos ou digitais.

Os termos dessa Política poderão ser alterados a qualquer momento, a critério da ACIL. Nesse sentido, recomenda-se ao usuário a sua verificação periódica. Para esclarecimento de quaisquer dúvidas relacionadas aos termos dessa Política ou ao processamento e tratamento dos seus dados pessoais, entre em contato conosco por meio dos dados informados no item VI desta Política de Privacidade.

  1. Quais informações a Acil utiliza e para qual finalidade?

  2. Legal para tratamento dos seus dados pessoais

  3. Do Controlador, Operador e Encarregado pelo Tratamento

  4. Quais Informações Compartilhamos

  5. Informações que recebemos de terceiros

  6. Acesso aos dados pessoais e suas escolhas

  7. Publicidade: Inclusão e Exclusão de Dados

  8. Link para outros sites

  9. Como Protegemos os seus Dados Pessoais

  10. Consentimento Específico para o Compartilhamento e Transferência de Dados

  11. Política de uso de Cookies

  12. Resolução de Disputas